RESULTADO DE BUSCA
CHIADOS NA COMUNICAçãO: ALUNO SURDO, PROFESSOR DE MATEMáTICA E PROFESSOR INTERLOCUTOR, UMA DIFíCIL CONVIVêNCIA.
Autor Principal: Gabriel Torralba        Co-autores: Ivete Maria Baraldi
Resumo: O intuito principal da pesquisa surgiu da necessidade de elaborar uma compreensão de como se dá a comunicação de um professor de Matemática e do interlocutor de Língua Brasileira de Sinais (Libras) em sala de aula com um aluno surdo. A pesquisa tem como referencial teórico a educação escolar inclusiva. A metodologia adotada é de natureza qualitativa, podendo ser caracterizado como um Estudo de Caso. Os dados foram produzidos pelas observação e vivência realizadas em uma escola da rede estadual pública de ensino de uma cidade do interior paulista, com um aluno surdo, usuário de Libras, matriculado no 9º ano do Ensino Fundamental. O registro dos dados foi feito a partir de anotações em diário de campo e filmagens das atividades desenvolvidas. Foram realizadas entrevistas com o aluno, o professor interlocutor e o professor de matemática. Em processo de conclusão e diante dos dados produzidos, como resultados parciais, podemos destacar que a comunicação entre os profissionais é quase nula, existindo apenas uma deficitária entre o aluno surdo e o interlocutor. Ainda, que o aluno surdo não é atendido devidamente pelo professor de Matemática diante de suas necessidades educacionais especiais, principalmente por ser delegada ao interlocutor a tarefa de ensinar o conteúdo específico. Por fim, mesmo de modo incipiente, ousamos afirmar que atividades individualizadas podem favorecer a aprendizagem matemática de alunos surdos. ,
Palavras-chave: Educação Matemática. Formação de professores. Libras.
Modalidade: Pesquisa em Andamento Eixo: Eixo 2 - Políticas e Práticas no Ensino Fundamental

Estatísticas:
13
acessos
9
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO