RESULTADO DE BUSCA
TODA INFÂNCIA TEM UM POUCO DE ÍNDIO
Autor Principal: Cristiano dos Santos        Co-autores: Liana Cristina Pinto Tubelo
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo apresentar um estudo de caso desenvolvido por intermédio de projeto em uma escola particular de educação infantil da cidade de São Paulo com crianças de 05 e 06 anos de idade, tendo como intenção aproximar as crianças das linguagens indígenas, uma vez que o ano de 2019 é declarado pela UNESCO como Ano Internacional das Línguas Indígenas, por entender que por falta de utilização destas linguagens e cultura, boa parte delas estão caindo em esquecimento. Assim, o brincar e as artes se apresenta como forma de linguagens com base em Loris Malaguzzi. Foi desenvolvido pelo professor de Educação Física da escola o projeto inspirado na música de Helio Ziskind Todo mundo tem um pouco de índio . Partindo de uma roda de conversa com os alunos pelo qual o professor registrou em diário de campo as respostas à pergunta: Quem tem algum brinquedo indígena em casa? As crianças falaram sobre os brinquedos que acreditavam também ser utilizados pelas crianças indígenas no momento de brincar. Com isso num segundo momento, foi organizado o festival dos brinquedos indígenas, com o propósito das crianças apresentarem e brincarem de maneira coletiva com estes brinquedos; num terceiro momento confeccionaram brinquedos com material natural, reelaborando pela realidade do brincar indígena. As crianças perceberam muitas semelhanças nos seus brinquedos e modos de brincar. O projeto continua em andamento e deve culminar na apresentação em um final de semana durante a mostra cultural programada pela escola. ,
Palavras-chave: Brincar, Infância, Povos Indígenas.
Modalidade: Pesquisa em Andamento Eixo: Eixo 9 - Educação, Interculturalidade e Movimentos Sociais

Estatísticas:
6
acessos
4
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO