RESULTADO DE BUSCA
USO DO RPG PARA UM ENSINO HUMANISTA DE CIÊNCIAS
Autor Principal: Gustavo Koiti Yoshimura        Co-autores: Gustavo Bizarria Gibin
Resumo: Com o desgaste do modelo tradicional de ensino, busca-se diferentes abordagens para o ensino, sendo o humanismo de Carl Rogers uma delas. Em consonância com esse referencial, o RPG pode ser uma interessante ferramenta didática a ser empregada no ensino de Ciências, pois possui características marcantes, como as relações interpessoais entre os jogadores e personagens, uso contínuo do raciocínio lógico em diversos tipos de situações e a necessidade de tomada de decisões. Assim, utilizar o RPG como ferramenta didática permite trabalhar estas e outras mais características dos alunos e, por ser um jogo que envolve a elaboração de uma história, é possível criar diversos cenários e ambientações, seja um mundo de fantasia ou mesmo o mundo real, podendo simular situações do mundo real nessas histórias. Ademais, essas simulações abrem portas para diversos tipos de abordagens ou de contextualização, inclusive para um caráter interdisciplinar dos conteúdos programáticos de um curso ou escola. Este trabalho visa relatar as experiências vividas durante algumas dessas sessões de jogo, onde o objetivo era que os jogadores solucionem a causa de uma morte e cheguem a um possível culpado. Foi utilizada a técnica de grupo focal para a coleta de dados e foi empregada a análise de discurso para a compreensão destes dados. Foi observado que o RPG permitiu abordar um caráter humanizador do processo de aprendizagem, onde a capacidade de analisar os fatos e tomar decisões em situações críticas se mostraram eficientes ao atingir o clímax das narrativas que foram propostas.,
Palavras-chave: Dimensão Lúdica; Carl Rogers; Ensino de Química
Modalidade: Pesquisa em Andamento Eixo: Eixo 8 - Educação, Desenvolvimento e Aprendizagem

Estatísticas:
7
acessos
5
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO