RESULTADO DE BUSCA
NOMEAÇÃO AUTOMÁTICA RÁPIDA EM ESCOLARES COM E SEM DISLEXIA DO DESENVOLVIMENTO: ELABORAÇÃO E APLICABILIDADE
Autor Principal: Bianca dos Santos        Co-autores: Simone Aparecida Capellini
Resumo: Síntese: Os objetivos deste estudo são elaborar pranchas de nomeação automática rápida, e verificar a aplicabilidade do instrumento em escolares com dislexia do desenvolvimento e escolares com bom desempenho acadêmico na realização da nomeação rápida das pranchas elaboradas. Referencial Teórico: A nomeação automática rápida é classificada como uma prova para avaliar a velocidade de acesso ao léxico mental, o qual faz parte do processamento fonológico, juntamente com as habilidades metafonológicas e memória operacional fonológica. Este estudo está sendo realizado baseado na hipótese de que a elaboração de um novo procedimento de avaliação com a nomeação automática rápida aplicado em escolares com dislexia do desenvolvimento e escolares com bom desempenho acadêmico auxiliará no diagnóstico diferencial e caracterização destes escolares em relação à velocidade de acesso ao léxico mental. Metodologia: As pranchas para avaliação foram elaboradas a partir da revisão da literatura. Nesta fase, foram selecionados os estímulos linguísticos (letras e dígitos) e os estímulos visuais (cores e figuras) que foram agrupados em quatro pranchas. Participarão deste estudo 84 escolares do 3º ao 5º ano do ensino fundamental, com idade de oito a 11 anos e 11 meses de idade, de ambos os sexos com diagnóstico de dislexia do desenvolvimento e com bom desempenho acadêmico selecionados em suas escolas de origem, divididos em seis grupos. Até o presente momento foi realizado a coleta e análise de dados do desempenho dos escolares diagnosticados com dislexia do desenvolvimento subdivididos em três grupos: Grupo I - 14 escolares com dislexia do desenvolvimento do 3° ano do ensino fundamental; Grupo II - 14 escolares com dislexia do desenvolvimento do 4° ano do ensino fundamental; Grupo III - 14 escolares com dislexia do desenvolvimento do 5° ano do ensino fundamental. Resultados: Foi possível observar que os escolares dos grupos I, II e III apresentaram maior tempo em média na nomeação de cores. Além disso, a média do Grupo I (referente aos escolares do 3° ano do ensino fundamental) é maior em segundos em relação ao tempo de nomeação em segundos dos outros anos. ,
Palavras-chave: Leitura; Avaliação Educacional; Dislexia
Modalidade: Pesquisa em Andamento Eixo: Eixo 8 - Educação, Desenvolvimento e Aprendizagem

Estatísticas:
10
acessos
7
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO