RESULTADO DE BUSCA
AS DIFICULDADES, SUPERAÇÃO E MUDANÇAS DIANTE DA PROPOSTA DO MODELO DO ENSINO COLABORATIVO.
Autor Principal: Simone Catarina de Oliveira Rinaldo        Co-autores: Silvia Regina Ricco Lucato Sigolo, Priscila de Lima Costa Souza
Resumo: O ensino colaborativo no Brasil, aplicado ao público-alvo da educação especial (PAEE), ainda não é o modelo de atendimento educacional especializado (AEE) adotado, entretanto, apresenta-se como importante estratégia de inclusão no contexto escolar. Compreende-se que, neste modelo de ensino, a prática do professor da educação especial, em parceria com o professor da sala comum, contribui positivamente para a construção do conhecimento dos alunos PAEE. O objetivo deste trabalho é apresentar as dificuldades de uma professora da educação especial em colocar em prática o modelo do ensino colaborativo em seu trabalho de itinerância na educação infantil. O referencial teórico que sustenta este estudo é perspectiva bioecológica de Bronfenbrenner. Os principais resultados mostraram que apesar das dificuldades houve superação de algumas, como a busca de diálogo com a professora do ensino comum em espaços de tempo curtos durante os atendimentos o que gerou aceitação em realizar atividades diferenciadas para uma criança com TEA, mesmo não havendo tempo adequado para o planejamento em comum.,
Palavras-chave: ensino colaborativo. dificuldades. educação especial.
Modalidade: Pesquisa em Andamento Eixo: Eixo 6 - Políticas e Práticas na Educação Especial

Estatísticas:
11
acessos
8
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO