RESULTADO DE BUSCA
A INFLUÊNCIA DA ESCOLARIDADE MATERNA NAS PRÁTICAS EDUCATIVAS UTILIZADAS
Autor Principal: Gabriela Aparecida Silva        Co-autores: Marcela Oliveira Pessoa, Juliana Aparecida Martini
Resumo: É fato que as práticas parentais assumem papel importante no desenvolvimento emocional da criança; a escolaridade dos pais, assim como outras variáveis, como história de vida, influencia a forma de educação que os pais estabelecem na criação dos filhos, e muitos programas institucionais procuram métodos que diminuam a ocorrência de violência na vida das crianças. As teorias enfatizam a interferência do meio no intercurso dos hábitos diários e na delimitação de métodos e técnicas de disciplina, mas até onde vai essa interferência. Assim, a partir da análise inferencial dos dados, em um corte transversal, junto a 29 mães participantes do programa do Viva Leite em um município do interior, foram utilizados dois questionários autoaplicados de Estilos Parentais e Comportamento Parental, com 11 e 10 questões respectivamente, que compõe a Avaliação do Programa ACT - Para Educar Crianças em Ambiente Seguros. Os resultados mostraram que não há diferenças significativas, porém, as mães com mais de 8 anos de escolaridade demonstraram melhores práticas e melhor comportamental parental em comparação com mães com até 8 anos de escolaridade. A escolaridade da mãe demonstra ser um bom recurso suportivo para práticas educacionais adequadas, que não utilizam violência. ,
Palavras-chave: práticas parentais. escolaridade materna. educação.
Modalidade: Pesquisa em Andamento Eixo: Eixo 8 - Educação, Desenvolvimento e Aprendizagem

Estatísticas:
7
acessos
5
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO