RESULTADO DE BUSCA
ATIVIDADE FÍSICA, PERCEPÇÃO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA VIDA FISICAMENTE ATIVA E A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS
Autor Principal: Ademir Testa Junior        Co-autores: Ídico Luiz Pellegrinotti
Resumo: O objetivo do presente estudo foi relacionar a percepção subjetiva sobre a importância da atividade física para a saúde e o nível de atividade física em escolares. Participaram da pesquisa, 2 grupos (G1 e G2) compostos por cerca de 40 jovens com 17 anos de idade, da 3ª série do ensino médio. O G1 e o G2 participaram de aulas sobre conteúdos da aptidão física, por meio da metodologia de resolução de problemas, durante 20 aulas. No entanto, para os integrantes do G1, as aulas foram predominantemente teóricas e para o G2 as aulas foram predominantemente práticas. Os participantes de ambos os grupos foram submetidos ao International Physical Activity Questionnaire (IPAQ) e à questão sobre percepção da importância da prática de atividades físicas para a saúde, antes e após a intervenção de ensino. A análise dos dados foi realizada por meio da estatística descritiva. A percepção dos escolares foi que a atividade física é de “alta” e “muito alta” importância para a saúde em ambos os grupos. Mas o efeito da intervenção aplicada ao G1 foi maior. O nível de atividade física sofreu alterações em ambos os grupos mas os participantes do G1 apresentaram maior alteração no nível de atividade física praticado fora da escola. Concluiu-se que ao aprenderem sobre os conteúdos da aptidão física os participantes do G1 passaram a modificar seu comportamento na vida cotidiana. O estudo aponta para a importância de se desenvolver aprendizagens conceituais sobre a saúde nas aulas de Educação Física.,
Palavras-chave: Sedentarismo. Atividade Física. Resolução de problemas.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 3 - Políticas e Práticas no Ensino Médio

Estatísticas:
12
acessos
6
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO