RESULTADO DE BUSCA
A AÇÃO DOS DOCENTES EM SUAS PRáTICAS AVALIATIVAS A PARTIR DO PENSAMENTO SISTÊMICO
Autor Principal: Márcia Lopes Leal Dantas
Resumo: A presente pesquisa é uma pesquisa de campo com abordagem qualitativa e teve como objetivo averiguar se a ação dos professores que trabalham em uma escola pública municipal da zona Norte da Cidade do Rio de Janeiro está de acordo com os pressupostos do pensamento sistêmico e se os mesmos possuem conhecimento sobre o assunto e se tal conhecimento influencia em suas práticas avaliativas. Utilizou-se como referencial teórico autores que tratam o novo paradigma da ciência nas perspectivas segundo Capra, Morin, Perrenound e Vasconcellos. Como instrumento para a recolha dos dados, utilizou-se a entrevista semiestruturada aos docentes de uma escola localizada na zona Norte da cidade. A amostra definiu-se com oito professores do sétimo ano, sendo cada um de uma disciplina. Na análise, após a recolha dos dados seguiu o pressuposto teórico de Bardin. Nos resultados, verificou-se que os professores não conhecem os pressupostos do pensamento sistêmico e, desta forma, desenvolvem avaliações fragmentadas e de natureza somativa, dando ênfase aos resultados quantificáveis obtidos em provas, testes e trabalhos. Além disso, demostrou-se que os docentes não sobrepõem os aspectos qualitativos sobre os quantitativos em suas práticas avaliativas. ,
Palavras-chave: Avaliação. Pensamento sistêmico. Educação.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 2 - Políticas e Práticas no Ensino Fundamental

Estatísticas:
20
acessos
15
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO