RESULTADO DE BUSCA
AULA DE MÚSICA: A METODOLOGIA ATIVA COMO PRÁTICA INERENTE AO TRABALHO DOCENTE
Autor Principal: Maristella Pinheiro Cavini
Resumo: A trajetória metodológica na atualidade prevê o ensino com metodologias ativas. No ensino musical não é diferente: educadores musicais propõem que os alunos se tornem participantes ativos do processo de construção do conhecimento musical. O presente trabalho objetiva evidenciar que a aula de música emprega a metodologia ativa inerentemente ao trabalho docente, além de comentar sobre as ideias musicais de Orff e Schafer, apresentando a sugestão de duas atividades musicais que podem ser realizadas com alunos do Ensino Fundamental II. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica que compreende a discussão e análise sobre o conceito e critério das metodologias ativas e sua presença constante nas propostas musicais dos dois educadores musicais estrangeiros escolhidos. As atividades musicais apresentadas basearam-se no princípio das metodologias ativas em educação musical, tendo como fundamentação as propostas musicais de Orff e Schaffer. Esses educadores musicais propõem o trabalho musical ativo que é a experiência direta do aluno com a música a partir da vivência de diversos elementos musicais. Orff prioriza o trabalho rítmico-melódico empregando ostinatos e improvisações sobre a escala pentatônica. Schafer propõe o trabalho da escuta ativa da paisagem sonora em que o aluno está inserido. Espera-se que este trabalho contribua para o pensar e o praticar de atividades musicais diferenciadas, com um trabalho de abordagem metodológica ativa e interdisciplinar.,
Palavras-chave: Música. Educação musical. Metodologias ativas.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 8 - Educação, Desenvolvimento e Aprendizagem

Estatísticas:
8
acessos
6
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO