RESULTADO DE BUSCA
FORMAçãO DE PROFESSORES E EDUCAçãO INCLUSIVA - UM OLHAR PARA OS INDICADORES SOCIAIS
Autor Principal: Josiele Giovana de Lucca Peixoto        Co-autores: Paloma Laurea Lagassi , Fernanda Vilhena Mafra Bazon
Resumo: A inclusão de alunos com deficiência e/ou necessidades educacionais especiais (NEE) na educação atual é de grande importância, bem como, a efetivação deste processo. Um fator de destaque trata-se da garantia de matrícula desta parcela de alunos estabelecida na legislação brasileira, pois esta traz como desafio a formação de professores para atendê-los. Assim, este trabalho, que faz parte de pesquisa mais ampla, busca analisar os indicadores sociais do censo escolar referentes à formação docente na área de Ciências (Química, Física e Ciências Biológicas) relacionados a formação docente para atender alunos com deficiência e/ou NEE na perspectiva da Educação Inclusiva. Considera-se como referenciais teóricos a Pedagogia Histórico-Crítica e a Teoria Histórico-Cultural com base no pressuposto que a função da escola é promover a socialização dos conhecimentos a todo alunado, inclusive aos que possuem deficiência e/ou NEE. Utilizamos da abordagem quantitativa de pesquisa em educação para analisar os microdados do Censo Escolar entre os anos de 2007 e 2017 das regiões Sul, Sudeste e Nordeste. O corpus de dados demonstrou um pequeno número de professores que possuem, em sua formação inicial, disciplinas de atendimentos educacionais especiais e de Libras. Diante destes resultados aponta-se a necessidade de se discutir sobre a organização dos cursos de licenciatura, bem como, o cumprimento das leis que norteiam a educação inclusiva na expectativa de uma educação mais democrática.,
Palavras-chave: Formação de professores de ciências. Educação especial e educação Inclusiva. Indicadores sociais.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 10 - Formação Docente Inicial e Continuada

Estatísticas:
11
acessos
8
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO