RESULTADO DE BUSCA
O MAL-ESTAR DOCENTE, A PERCEPçãO DOS PROFESSORES MUNICIPAIS DO MUNICíPIO DE SANTA TERESA/ES
Autor Principal: charles moura netto        Co-autores: Sandra Maria Guisso, Thaízes Turêta
Resumo: Motivada pela frequente discussão sobre a saúde dos profissionais da educação, o presente estudo tem como pressuposto identificar as principais causas que levam os docentes ao mal-estar. Esse mal-estar é caracterizado por sintomas negativos que acometem o professorado atual, levando-os ao adoecimento físico, psíquico e até a crise na identidade docente. O artigo apresenta uma experiência de pesquisa em escolas municipais do município de Santa Teresa ES, com professores atuantes do 1o ao 5o ano do ensino fundamental, e utilizou como dispositivo metodológico um questionário com perguntas abertas e fechadas afim de responder o objetivo principal. A partir das entrevistas com os professores em exercício profissional, buscou se entender o que se encontra por trás de sintomas típicos do mal-estar docente destes profissionais, como apatia, desânimo, frustração, adoecimento físico e psíquico, além de outras questões abordadas no roteiro. Os resultados da pesquisa apontam o estado de passividade e desesperança de alguns professores diante dessas questões. Os resultados também mostram acreditam que com a mudança do sistema educacional e sua forma de organização, a valorização social e econômica, a participação ativa da família na escola, uma formação de qualidade, o comprometimento verdadeiro por parte dos professores com a profissão, seriam fundamentais para uma minimizar ou reter este fenômeno.,
Palavras-chave: Mal-estar; Docente; Trabalho
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 11 - Profissão Docente e compromisso sociopolítico

Estatísticas:
5
acessos
3
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO