RESULTADO DE BUSCA
O TRABALHO PEDAGÓGICO COM BEBÊS, ENTRE ESCUTAR, PLANEJAR E (RE)DESCOBRIR O PAPEL DO ADULTO
Autor Principal: Fernanda Puntel Rutsatz        Co-autores: Daliana Loffler, Bianca Fortes, Vivian Jamile Beling, Luiza Paul Gehrke
Resumo: O presente texto tem por objetivo compartilhar algumas reflexões sobre o trabalho com bebês na Unidade de Educação Infantil Ipê Amarelo (UEIIA), tecidas pelas acadêmicas dos cursos de Pedagogia e Educação Especial da Universidade Federal de Santa Maria que atuam ou atuaram na Unidade como bolsistas e participam dos encontros de estudos vinculados ao Projeto de Pesquisa A escuta de bebês e crianças pequenas na UEIIA . Os aspectos teóricos que subsidiam as discussões nos encontros de estudo fundamentam-se na perspectiva italiana de Educação Infantil (Rinaldi, 2012; Barbosa, Delgado e Tomás, 2016) e no campo teórico dos Estudos das Crianças e da Infância e metodologicamente, a pesquisa insere-se na perspectiva de Contreras Y Lara (2010) enquanto uma investigação da experiência educativa em que compreender a educação enquanto experiência e investigá-la, permite questionar aspectos relacionados a realidade educativa investigada. As vivências enquanto bolsistas da Unidade e participantes dos encontros de estudo têm qualificado o processo formativo das acadêmicas, bem como, sua atuação junto às crianças e neste texto problematizamos problematizando três aspectos do trabalho pedagógico com bebês: a questão da escuta das diferentes linguagens desses sujeitos, a organização do trabalho pedagógico, em especial espaços, tempos e materiais e o quanto esses elementos contribuem para (re)descobrir o papel dos adultos nas relações com as crianças. ,
Palavras-chave: Educação Infantil. Bebês. Trabalho Pedagógico.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 1 - Políticas e Práticas na Educação Infantil

Estatísticas:
9
acessos
6
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO