RESULTADO DE BUSCA
POLÍTICA DE COTAS E MATRÍCULA DE ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
Autor Principal: Denise Marina Ramos        Co-autores: Ana Paula Faustino Tieti Mendes , Daiane Natalia Schiavon
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo examinar alguns dos reflexos da implantação da política de cotas no número de matrículas de estudantes com deficiência na educação profissional e tecnológica de nível médio e superior em uma instituição de ensino localizada em um município do interior do estado de São Paulo. Por meio de um estudo exploratório, levantou-se o número de alunos público-alvo da Educação Especial matriculados na instituição entre os anos de 2013 a 2019, bem como, a deficiência apresentada. Os resultados permitem inferir, apesar das limitações dos dados aqui levantados, que a implantação da política de cotas ampliou as possiblidades de acesso desses estudantes na educação profissional e tecnológica. Por fim, entendemos que políticas de acesso devem estar articuladas a ações para promoção de acessibilidade e eliminação de barreiras no interior das instituições de ensino, de modo a garantir condições de participação e sucesso acadêmico a todos os estudantes.,
Palavras-chave: educação especial. política de cotas. educação profissional e tecnológica.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 6 - Políticas e Práticas na Educação Especial

Estatísticas:
9
acessos
6
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO