RESULTADO DE BUSCA
EDUCAÇÃO PARA AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS E A FORMAÇÃO DOS ATORES EDUCACIONAIS EM ILHA SOLTEIRA/SP: REFLEXÕES SOBRE UM CENÁRIO SOCIAL
Autor Principal: Simone dos Santos Bonfim        Co-autores: Humberto Perinelli Neto
Resumo: O presente trabalho é fruto da pesquisa de Mestrado Educação para as Relações Étnico-Raciais do ponto de vista da localidade: desenvolvimento, segregação e ensino-Ilha Solteira/SP . O objetivo da pesquisa é o levantamento da visão de mundo a respeito de temas como: preconceito e discriminação raciais, posição do negro na sociedade brasileira e a Legislação Educacional envolvendo Africanidades junto aos atores educacionais da rede pública municipal de Ilha Solteira/SP. A pesquisa apresenta abordagem quali-quantitativa, natureza aplicada e concilia exploração, descrição e explicação. Para a fundamentação teórica, lançamos mão de autores que promovem estudos sobre a microanálise (GEERTZ, 1997, 2001, 2008; BOURDIN, 2001), bem como autores do campo das Africanidades (MARTINS, SALLES, 2014; MUNANGA, GOMES, 2006) e das práticas educativas (FREIRE, 1996). O trabalho baseia-se em análise documental, revisão bibliográfica e questionários semiestruturados. Como resultados obtidos, destacamos o entendimento das relações sociais historicamente desenvolvidas em Ilha Solteira, bem como as segregações advindas dessa lógica social. A tabulação e análise das respostas, permite verificar que há grande interesse pelo tema Africanidades, porém, apenas 28% dos atores educacionais conhecem a Lei 10.639/03, dada a falta de formação continuada específica sobre o tema (85,4%).,
Palavras-chave: ilha solteira; lei 10.639/2003; formação continuada
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 9 - Educação, Interculturalidade e Movimentos Sociais

Estatísticas:
9
acessos
7
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO