RESULTADO DE BUSCA
HEINRICH RHEINBOLDT E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES SECUNDÁRIOS DE QUÍMICA NA FFCL
Autor Principal: Rodrigo Magalhães Arena
Resumo: No alvorecer da década de 1930, a sociedade estava em um processo de industrialização e tinha uma concentração muito densa nos principais centros urbanos, o que contribuiu para uma exigência maior em relação à educação, pois um povo melhor educado, geraria uma mão de obra mais distinta. Além de qualificar-se a mão de obra, os profissionais que formariam essas pessoas também precisavam ser bem instruídos. Nesse âmbito, a formação de professores passou a ser de grande importância. A recém-criada Universidade de São Paulo tinha em sua fundação um dos objetivos de formar professores para a escola secundária, e o professor Heinrich Rheinboldt, que foi o primeiro professor e idealizador do curso de Química, desempenhou um papel importante para a formação dos profissionais dessa área nesse período, influenciando também outras universidades vindouras. Voltando os olhos para suas práticas didáticas, esse trabalho busca através de uma análise documental investigar quais foram as áreas de atuação dos primeiros químicos formados por Rheinboldt. Com esse trabalho foi possível questionar essa quantos químicos professores foram formados nos anos iniciais do curso, e colocar em cheque um dos objetivos da universidade.,
Palavras-chave: rheinboldt, professores, secundários
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 5 - Políticas e Práticas no Ensino Superior

Estatísticas:
5
acessos
4
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO