RESULTADO DE BUSCA
INÍCIO DA DOCÊNCIA E PROFESSOR INICIANTE: ESTADO DA ARTE A PARTIR DA ANÁLISE DE PUBLICAÇÕES EM PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO BRASILEIROS
Autor Principal: Maria Cecília Cerminaro Derisso        Co-autores: Emília Freitas de Lima
Resumo: O estudo analisou a produção nos Programas de Pós-Graduação em Educação no Brasil sobre início da docência e professor iniciante identificando o que vem sendo teorizado acerca da construção destes conceitos nos últimos trinta anos e se insere no âmbito de uma pesquisa maior que busca rediscutir o conceito dominante de início da docência e professor iniciante. Considerando que esta temática pode ser estudada segundo distintas interpretações, a hipótese deste estudo de que o início da docência vem sendo considerado, nas dissertações e teses produzidas no Brasil até o presente momento, na direção da perspectiva teórica de Huberman (2000) que versa sobre o ciclo de vida profissional caracterizada por fases de desenvolvimento profissional e apresenta certa tendência evolucionista foi confirmada. Tais fases devem ser superadas numa concepção linear que considera sobretudo a temporalidade como fator central desta discussão. A perspectiva linear de ciclo de carreira fez escola na academia brasileira embora não seja a única maneira de entender o início da docência. Autores como Marcelo Garcia, Nóvoa e Tardif apontam numa direção não linear em que essas fases não são conclusivas em si e a aposta teórica de nosso estudo converge com essa interpretação ao apostar na perspectiva de inícios da docência ao considerar múltiplas dimensões que fazem com que o professor reviva sua condição de iniciante inúmeras vezes no decorrer de seu desenvolvimento profissional.,
Palavras-chave: início da docência; professor iniciante; desenvolvimento profissional docente.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 10 - Formação Docente Inicial e Continuada

Estatísticas:
7
acessos
3
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO