RESULTADO DE BUSCA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DO BULLYING NA EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA REALIDADE A SER ESTUDADA
Autor Principal: Raresca Cordeiro        Co-autores: Camila Garbi da Rocha, Gabriela Gallucci Toloi
Resumo: O bullying ainda é muito pouco estudado no Brasil, e a incidência dentro nas aulas de educação física ainda não se encontra quase nada a respeito do assunto. Contudo, considera-se que o bullying é uma forma de violência que se caracteriza por agressões físicas eou verbais cometidas de maneira intencionais e repetitivas, causadas por um ou mais alunos, contra um ou mais colegas. Este fenômeno vem prejudicando crianças e adolescentes em todo o mundo e está cada vez mais frequente no contexto escolar, por isso vem causando grande preocupação, pois suas consequências atinge de maneira prejudicial a autoestima, a capacidade de socialização, podendo chegar até, a dificultar o processo de aprendizagem. Além disso, diversas pessoas acometidas por situações que envolvem o bullying, muitas vezes não aguentam a pressão, e acabam por tomar decisões drásticas, vindo a cometer suicídio, por acreditarem ser a única saída. Segundo a Organização Mundial da Saúde (2015), o suicídio é a segunda maior causa de morte entre jovens no mundo todo, matando mais de 200 mil pessoas por ano. Este fenômeno abordado vem de muito tempo atrás, mas as pesquisas a respeito ainda são bem recentes e escassas, principalmente quando relacionado ao bullying nas aulas de educação física. Sendo assim, este trabalho teve como finalidade identificar e compreender as causas e consequências deste fenômeno durante as aulas de educação física. Para tanto, foi necessário investigar sobre o assunto, analisar como o bullying se manifesta durante as aulas de educação física, identificar as possíveis causas deste tipo de agressão e relatar as consequências geradas na concepção dos alunos. O trabalho em questão trata-se de uma pesquisa maioritariamente qualitativa/descritiva. Como estruturação metodológica realizou-se, primeiramente pesquisas bibliográficas para aprofundamento sobre o tema, e para coletar a opinião dos alunos sobre o assunto foi formulado um questionário semi-estruturado com questões abertas e fechadas, e aplicado em 30 alunos de duas escolas, uma pública e uma privada, ambas para turmas de alunos no ensino médio. O questionário teve como objetivo expor a realidade do bullying no ambiente escolar e as formas na qual pode se manifestar nas aulas de educação física. Um piloto desse questionário foi entregue a juízes, a fim de avaliar a coerência, ordem e importância das perguntas contidas. O instrumento de avaliação foi entregue aos alunos pessoalmente, estando com o avaliador durante todo o preenchimento para tirar eventuais dúvidas, na qual os alunos tiveram 30 minutos para responder e devolver o documento. Todas as dúvidas referentes aos preenchimentos e questões relacionadas ao tema foram respondidas em voz alta para todos os participantes. Como resultado identificou-se que nas aulas de Educação Física quase 50% dos alunos já presenciaram casos de bullying e relataram que acontece regularmente algum tipo de agressão verbal ou física, identificando poder durar meses ou até anos tal violência. Grande parte dos alunos, em ambas as escolas também relataram já ter presenciado esse tipo de agressão, indicando não reportar o ocorrido preferindo ficar calados por medo de se tornarem a próxima vítima, corroborando com o resultado de diversos estudos da área. Tanto na escola pública, quanto na privada mais de 50% dos alunos responderam já ter deixado de participar de alguma aula de educação física por vergonha, a vivência em um ambiente hostil como esse faz com que ocorra a evasão escolar e principalmente a evasão na educação física, pois é onde a aparência e habilidades físicas são mais expostas do que em outras disciplinas. Isso tem um grande peso na formação acadêmica e na formação da identidade da criança, pois começam a se sentir deslocadas perante a sociedade. Diante disso, evidencia-se a necessidade e importância do papel do professor para adquirir conhecimento e evitar esse tipo de violência em sua aula. Zelando pela aprendizagem e segurança tanto física quanto emocional do aluno.,
Palavras-chave: bullying. escola. educação física.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 3 - Políticas e Práticas no Ensino Médio

Estatísticas:
7
acessos
3
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO