RESULTADO DE BUSCA
AS CONTRIBUIçõES DA PERSPECTIVA PóS-CRíTICA PARA O CONHECIMENTO EM GESTãO EDUCACIONAL NO BRASIL
Autor Principal: Paulo Nascimento
Resumo: Na década de 1980 os estudos na área da Gestão educacional no Brasil, fundamentados na Teoria Geral da Administração, encontraram uma frente crítica que promoveu uma ruptura com seus fundamentos e constituiu uma perspectiva democrática de gestão que se instituiu nos meios acadêmicos e legais como lugar de solução para os problemas educacionais e de transformação social. Os pesquisadores assumiram a gestão democrática como modelo de análise das práticas escolares e avaliaram sua possibilidade de concretização e obtiveram dois resultados principais: por um lado, eles prescrevem as medias que as escolas deveriam tomar para realizar a gestão democrática e, por outro lado, apontam as práticas que as escolas deixam de fazer para sua concretização. O problema é que a escola é culpabilizada por não realizar a gestão democrática: ou por serem alienados ou partirem do senso comum. Porém, não estaria o próprio conhecimento na área dotado de limites de análise? Não teria a perspectiva democrática negligenciado uma crítica de si? Pois bem, esta pesquisa tem o objetivo de mapear os elementos contidos no conhecimento em Gestão educacional que impedem um olhar crítico sobre si. Para isso será utilizado método bibliográfico e o referencial teórico Pós-crítico. Dividir o conhecimento da Gestão educacional em duas perspectivas impede tenha um olhar crítico de si e um olhar múltiplo sobre o conhecimento.
Palavras-chave: pós-crítica. gestão educacional. multiplicidade.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 2 - Políticas e Práticas no Ensino Fundamental

Estatísticas:
11
acessos
9
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO