RESULTADO DE BUSCA
FORMAçãO DOCENTE E AVALIAçãO EDUCACIONAL: LACUNAS E PROBLEMATIZAçõES
Autor Principal: Valéria Aparecida de Souza Siqueira        Co-autores: Pâmela Felix Freitas, Ocimar Munhoz Alavarse
Resumo: O presente trabalho é resultante de pesquisas realizadas na Rede Municipal de Ensino de São Paulo (RME-SP), entre 2014 e 2016, e problematiza a formação docente em avaliação educacional. Com base em aportes teóricos, principalmente, de Alavarse (2013), Crahay (1996; 2002) e Gatti (2010), são analisadas respostas de questionários aplicados a 1083 professores de, praticamente, todas as escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emef) da RME-SP e observações de reuniões de Conselho de Classe de uma Emef, investigada em profundidade. O escopo do trabalho se volta aos conhecimentos e demandas em avaliação educacional de professores e os efeitos sobre o fluxo escolar. Parte-se da constatação de que existe um paradoxo docente, considerando-se que, de um lado, os professores são avaliadores profissionais e, de outro, não recebem capacitação específica para o exercício de avaliar na formação inicial em licenciatura, curso que se constitui numa exigência legal para garantir uma aproximação, ainda que inicial, com atividades profissionais futuras, como é o caso da avaliação. Tal situação tem efeitos sobre o trabalho docente, uma vez que se observam desde o emprego inadequado de instrumentos e procedimentos de avaliação até a emissão de juízos que se apoiam, por sua vez, em critérios flutuantes a serviço de uma lógica de conveniência, que tende a aumentar o fracasso escolar ao determinar trajetórias escolares, limitando o alcance da igualdade de conhecimentos adquiridos.,
Palavras-chave: avaliação educacional; formação docente; conselhos de classe.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 10 - Formação Docente Inicial e Continuada

Estatísticas:
7
acessos
3
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO