RESULTADO DE BUSCA
UTILIZAçãO DO CLASSIFICADOR DE TEMPERAMENTOS E TIPOS DE KEIRSEY NA ORGANIZAçãO, DIAGNóSTICO E PROGNóSTICO DE GRUPOS DE ESTUDANTES DE MEDICINA
Autor Principal: Luis Carlos Passarini
Resumo: Desde a Antiguidade constatam-se entre os seres humanos diferenças em constituição física e na maneira de perceber, decidir, agir e se relacionar. Das classificações empíricas, a mais popular são os temperamentos de Hipócatres-Platão-Galeno. Já no século XX, o Dr. Jung inovou ao propor sua Teoria dos Tipos Psicológicos. Myers-Briggs aplicaram-na e criaram o notório classificador MBTI®. Keirsey encontrou relações entre os temperamentos de Hipócrates-Platão-Galeno e os tipos jungianos descritos por Myers-Briggs. Empenhado em classificar os temperamentos e os tipos das pessoas, Keirsey elaborou os classificadores KTS1, KTS2 e K4TS. O MBTI aponta a maneira das pessoas encararem a vida e a si mesmas enquanto que os KTS mostram como as pessoas se comportam no mundo. A Teoria dos Tipos e os classificadores de Keirsey estão sendo aplicados em um curso de Medicina de uma universidade estadual pública no interior do estado de São Paulo. O projeto pedagógico prevê metodologias ativas de ensino e que os alunos realizem as atividades educacionais em grupos. O objetivo desse trabalho é, a partir do mapeamento temperamental e tipológico da turma de estudantes de medicina, elaborar orientações para ajudar os docentes do curso a aproveitar o potencial intelectual da turma. De posse dos temperamentos e tipos dos alunos objetiva-se usar essas informações para sugerir a composição de grupos de trabalho mais harmônicos, efetivos e eficientes e melhorar o relacionamento entre docente e sala de aula. Um terceiro objetivo do trabalho é identificar o perfil de aprendizado dos alunos. A conclusão é que o KTS2 propicia pistas para estratégias de ensino e aprendizagem e por onde os tutores devem trabalhar para que a excelência da formação profissional seja alcançada.,
Palavras-chave: keirsey. tipos psicológicos. ensino e aprendizagem.
Modalidade: Comunicação Científica Eixo: Eixo 8 - Educação, Desenvolvimento e Aprendizagem

Estatísticas:
4
acessos
3
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO